NOVO ESPAçO DO CLUBE



 
   
Antiga Escola Primária de Sernada do Vouga
Novo Espaço do Clube de Canoagem e Águas Bravas de Portugal
(agradecemos a leitura até ao fim para entenderem o projeto por completo)
Velha ambição esta, de termos um espaço junto ao rio Vouga dedicado à canoagem, especialmente na modalidade de Águas Bravas. Na realidade, este projeto era falado vezes sem fim nas viagens que fazia com o amigo Pedro Santos, Bica para quem teve o prazer de remar com ele, canoísta residente em Sernada do Vouga e meu primeiro professor . O intuito deste projeto consistiu, sempre, em criarmos uma base logística onde possamos criar uma escola de captação e introdução à Canoagem em Águas Bravas. A persistência, ao longo destes vários anos, em levar esta ideia em diante, deveu-se essencialmente à crença que temos que aproximando alguma das nossas actividades aos centros urbanos iremos aumentar o número de praticantes, crescendo dessa forma a dimensão da nossa segunda família. Saliente-se que após essas acções de captação/introdução o passo seguinte será encaminhar os(as) interessados(as) para as formações de Iniciação, ministradas, como sempre, no rio Paiva. O número de formações que organizaremos, a partir de Alvarenga, será o mesmo dos anos anteriores, ou provavelmente até aumentará com a criação desta nova dinâmica em redor de cidades como Águeda, Aveiro, Viseu, Coimbra e Porto.
Na fase terminal da pandemia, vulgarmente designada por Covid, tivemos disponibilidade para "experimentar esta receita", realizar formações no rio Vouga e posteriormente avançar para o vale do Paiva, em algumas pessoas que já tinham demonstrado interesse em praticar esta modalidade da canoagem. O resultado superou as expectativas. Era notório, os "embriões" de canoístas de Águas Bravas chegavam muito mais seguros e confiantes às formações de Iniciação, traduzindo-se isso em maior rendimento e aprendizagem. O sucesso destas experiências, juntamente com a vontade de divulgar o nosso desporto na região do Baixo Vouga, com o desejo de organizar uma descida anual neste vale e com a necessidade de termos um espaço perto de Aveiro, fizeram-nos apresentar um projecto forte à Junta de Freguesia de Macinhata do Vouga. A nossa primeira abordagem assentava no pedido de cedência de um espaço, junto ao rio Vouga, onde pudéssemos colocar um contentor marítimo que nos permitisse guardar algum material. O projeto apresentado foi estruturado de maneira a criar impacto, transmitindo aos políticos da região, por intermédio de texto e imagem, que há muito potencial nos rios que correm nesta zona. O documento foi muito bem recebido pela equipa da J.F. de Macinhata do Vouga, a qual remeteu o dossier para análise e aprovação da Câmara Municipal de Águeda.
Na passada Primavera, mais concretamente Maio de 2023 , recebemos a excelente notícia que o projeto tinha sido aprovado e que poderíamos contar com as instalações da Antiga Escola de Sernada do Vouga, em substituição do terreno desejado. Obviamente que toda a Direcção do Clube de Canoagem e Águas Bravas de Portugal ficou super satisfeita com a decisão. O espaço permite-nos realizar bastantes actividades, e principalmente levarmos em diante os tais baptismos e formações de introdução, com o intuito final de captar mais pessoas para o nosso desporto de eleição. Para além destas actividades e da tal descida anual, à imagem do que já fazemos no Mondego, vamos levar em diante descidas fáceis nos meses de calor com o objectivo que os(as) nossos(as) sócios(as) apareçam com família e amigos(as). Contamos com isso para enchermos o rio de crianças, outro dos nossos focos. Criar a rotina da criançada andar entranhada na natureza, tanto no rio como fora dele.
Esta semana, mais propriamente na terça-feira dia 16JAN, demos o último passo para a tão desejada concessão formal do espaço. Após alguns meses de espera, nos quais as entidades envolvidas tiveram de garantir que todos os passos exigidos por lei eram bem dados, assinamos finalmente o protocolo com a Junta de Freguesia de Macinhata do Vouga. Na cerimónia estiveram presentes os dois presidentes das entidades que assinaram o protocolo, Ricardo Inverno e Pedro Marques, bem como Rita Gonçalves, Presidente da Associação Canoagem Centro, e Jorge Almeida, Presidente da Câmara Municipal de Águeda.
Em nota final, eu, Ricardo Inverno, que escrevo este texto em nome da Direção do Clube de Canoagem e Águas Bravas de Portugal, quero salientar que só insisti neste projeto porque estou inserido num grupo de trabalho, atual equipa do Clube, formidável, que garantidamente vai dar um dinamismo enorme a este novo projeto. Acredito também no apoio de vários(as) sócios(as) que já tem demonstrado estar presentes sempre que precisamos deles.
Esperamos que tenham conseguido ler este texto todo
Hoje em dia dizem que "os posts" devem ser curtos mas neste caso ficaria muito por transmitir.
Clube de Canoagem e Águas Bravas de Portugal






ANUNCIE AQUI



ANUNCIE AQUI



ANUNCIE AQUI